Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poetas ao poder

A todos os anónimos poetas;
Poetisas e aos simples leitor
Deixo-vos estas quadras abertas,
com votos de Paz e Amor.

Porque persistem as guerras
se elas nada irão resolver?
Só servem para destruir terras
e para fazer o povo sofrer.

Inventam multiplas explicações,
prometem-nos vâs esperanças,
semeiam o ódio nos corações
e desfazem o sonho das crianças.

Proponho uma troca original,
trocar as espingardas por canetas,
e fazer uma convergência  mundial
onde os generais sejam os poetas.

FrancisFerreira
FrancisFerreira
Enviado por FrancisFerreira em 28/10/2007
Reeditado em 20/01/2008
Código do texto: T713763

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FrancisFerreira
Portugal, 59 anos
637 textos (32192 leituras)
4 áudios (101 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 06:50)
FrancisFerreira