Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPLOS DE VERSOS 
Juliana Valis




Se soubesse a verdade, poderia dizê-la

Na manhã que renasce como só  tempestade


Do amor que brilhe, leve, feito estrela,


Na vida breve, verso que me invade,


Assim, disperso, na ilusão de vê-la...





Se houvesse sempre luz pelos túneis sós

De dores tão humanas quanto o mar da vida,


Talvez o sonho intrépido, na ilusão veloz,


Pudesse transcender o mundo que elucida


Tão profundo tempo transbordando em nós !




Mas quando veremos, frente a frente, a sorte ?

De repente, a vida se torna labirinto,


E todo véu de toda dor que sinto


Deleita-se como céu a sucumbir na morte... 





Se soubesse o sentido exato da vida,


Deveria dizê-lo não apenas em versos,


Mas nos próprios caminhos que a paz elucida,


Nesses ninhos de sonhos tão vorazes, dispersos,


Como sós universos do coração, nessa lida...

 

 



Se todo amor transbordasse, assim, na humanidade,


Além da dor, na cidade dos sentimentos sublimes,


Quiçá os ventos de fé, em toda luz que te invade,


Pudessem ser teus sonhos em horas, assim, tão insignes...

 


 

Portanto, olhar o mundo na perspectiva do amor


É perquirir, no fundo, uma viva chama


Que nos possibilite lutar contra o céu da dor


E contra toda lágrima que o tempo clama...

 

 

Rir do tempo, assim mesmo, é asneira,

Pois tudo se esvai na proporção do nada,


E a estrada efêmera, breve ou traiçoeira


Torna-se a própria vida quando o amor nos brada !



 

Ah, templos de versos desenhados na alma,


Ergam-se em prol do amor que transcenda esta guerra


Entre o “ser” e o “ ter”, na verdade, em calma,


Na revolução de uma paz que transforme essa Terra !

 

 

 

 Coração em templos de versos sempre sós,


Veja que a emoção transborda, muito além da dor,


Bem aqui, no cerne do que somos nós,


Entre corpo e alma, suplicando amor.

---

Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 08/11/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T729433

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3989 textos (886127 leituras)
4 e-livros (1867 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:03)
Juliana Silva Valis