Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu sem você.

O tempo parou.
Fez-se silencio.
Pássaros não estão a cantar .
Não escuto tua voz…
Teu cheiro não estar no ar.
Apenas uma brisa fria a vagar.
Tal como eu agora,
Sem te encontrar.
Estranho!
A luz se apagou.
A garganta secou.
Aos meus pés rio de lágrimas.
O olhar perdido.
O corpo agora estático.
Já não há emoção.
Dor profunda no coração.
Não sei o que fazer.
Melhor dormir.
Quem sabe ao acordar…
Veja outra vez o sol a brilhar.
Então sei que irei te encontrar.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 21/07/2008
Reeditado em 19/10/2008
Código do texto: T1090100

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
345 textos (32892 leituras)
3 áudios (633 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 22:37)
Iolanda Brazão