Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ETÉREA

E eu me fiz vida novamente
Abandonei o mundo espiritual
Abraçando agora um novo ideal...
Precisava do meu corpo, da carne
Pois sua nova missão você havia abraçado!

Nosso encontro mais uma vez
Seria tardio e sofrido
Mas nosso amor continuaria
E por todos seria sentido.

Continuamos ligados, como éramos no além
Mas nosso destino era de luta.
E para ficarmos juntos eternamente
Teríamos que o mundo desafiar...

O peso do corpo, dessa matéria densa,
A luta diária da sobrevivência
Nos deixa esquecer a promessa
Que fica perdida em nossa vida...

Mas a energia cósmica
Que liga tudo e a todos
Sempre volta e nos mostra
Nossa promessa de amor!

Porque nos fizemos vida?
Éramos tão felizes enquanto energia!
Hoje a vida só nos judia
E mostra que não somos tão fortes assim!

Nos entregamos aos dramas do cotidiano
Não nos damos a chance da felicidade
Perdemos a luz âmbar do nosso encontro!

Não tenho mais forças para lutar...
Eu só tenho duas saídas:
Ou tenho você a me amar
Ou irei ao mundo espiritual voltar!

Santo André, 19.11.03 - 17:20 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 02/05/2006
Código do texto: T148997


Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
646 textos (93830 leituras)
14 áudios (2075 audições)
4 e-livros (1457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 13:01)
Enloucrescida