Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O encontro

Me espero, com um passo desconcertante e meus braços entreabertos ainda me espero, destilando serenamente o passado com a lembrança jovial estampada nas minhas fotos de gaveta - me quero - feito o mar a lua, anseio aquilo que me inspira pelo tão vago e vasto meu que de tão teu perdi, como inocência de criança que passa e cresce em meios aos nossos heróis – fingi - na mais linda e lúdica peça teatral da vida, o amor, que por um mero fim jamais lembrou.
Assim e enfim - me encontrei - depois de tanto, depois de nada, me achei, talvez naquilo que jamais tive em mim, mas que sempre me fez sentir o que tanto almejei ser, teu.
Octavius
Enviado por Octavius em 16/06/2009
Código do texto: T1651095

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Octavius
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 36 anos
7 textos (212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 21:29)
Octavius