Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E... por falar em saudade...

E... por falar em saudade...
Tenho tanta saudade de mim...
Do sorriso aberto, da liberdade,
Dos loucos sonhos sem fim!...

Sinto saudade de brincar na chuva,
De buscar as estrelas do mar...
De no quintal da vizinha colher uvas...
E da bela videira me enamorar...

Sinto saudade das tardes mornas,
Passeando de mãos dadas com meu pai,
De acordar meu avô da sua madorna...
Do lírico canto dos afinados pardais...

E... por falar em saudade...
Quanta saudade dos grandes amigos,
Dos nossos ruidosos jogos da verdade.
Da farra que fazíamos aos domingos...

Sinto saudade da minha leveza de ser...
De tudo querer tocar... sentir e ver...
De nada esperar, mas fazer acontecer.
Dos versos que escrevia sem ninguém ler.

Saudade da minha mãe contando histórias,
Do meu cabelo... que ela fazia tranças...
Do que ela contava da sua tia Vitória...
Das peraltices do seu tempo de criança.

Saudade...  saudade... quanta saudade!
 Isso tudo tem um nome... felicidade!...

Mary Trujillo
27.06.2011
 
Respeite os direitos autorais
Mary Trujillo
Enviado por Mary Trujillo em 27/06/2011
Código do texto: T3061199

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Trujillo
São Paulo - São Paulo - Brasil
387 textos (26560 leituras)
41 áudios (1851 audições)
8 e-livros (1174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/06/19 09:33)
Mary Trujillo