Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na madrugada, a solidão me invade e com saudades da minha netinha,fico poemando à saudade...


Saudade ...



Me invade o peito
inquietando-me a alma,
pra esquecer, tento encontrar um jeito
mas não consigo, nada me acalma !

O coração dói ...
A dor da saudade me corrói ...
E fico a me perguntar,
por que temos que ficar distantes
de quem tanto amamos,
e queríamos tanto ficar sempre a abraçar ?

Isso não é justo... Isso não é certo !
da minha netinha Anne,
que é tudo que eu mais amo
eu queria ficar sempre perto !!!


Vozinha Florzinha
MARIA SOCORRO
Enviado por MARIA SOCORRO em 07/01/2012
Código do texto: T3426980
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Florzinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MARIA SOCORRO
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 67 anos
4144 textos (1301193 leituras)
5 e-livros (3435 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 05:47)
MARIA SOCORRO