Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRONOLOGIA

                                                 
                                                           

                     
                                                                                                                   
I
Infância que corre,e o destino percorre,
Na doce rodada do seu cirandar!
De tão distraída perdeu  seu relógio...
E nega,por ora , o seu  despertar!


II
Infância que canta, que encanta, não chora...
Não sente saudade dos tempos de agora!
Alegre saltita e arremessa a pedrinha,
Por entre os desenhos da amarelinha.


III
Infância das pipas , das bolas de gude
Bonequinhas de pano,cavalinho a trotar...
Trenzinhos que apitam de longe... anunciam
Que a hora é plena... para somente sonhar!


IV
Infância do circo e do picadeiro,
Do boneco esculpido pelo velho Gepetto...
E das  dobraduras feitas de papel,
Das cartinhas escritas ao Papai-Noel!

                                                           
V
Infância dos livros de contos de fadas,
Das lindas canções feitas para ninar...
Da mão carinhosa da mãe que afaga,
Do beijo gostoso que nos põe repousar.


VI
Infância que sente, mas nunca pressente,
Que a felicidade não é mero presente!
Nos jogos de rua eterniza a alegria...
Sem notar que o tempo lhe rouba os seus dias.


VII
Infância de sonhos, de vãs fantasias
A vida  um dia , lhe obriga a acordar...
Carrega lembranças consigo sozinha,
Que nem mesmo o tempo consegue apagar.




SP, 11-12-2003
MAVI
Enviado por MAVI em 22/01/2007
Reeditado em 22/01/2007
Código do texto: T354946


Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
5766 textos (395022 leituras)
1036 áudios (89537 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 16:50)
MAVI