Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O despertar da minha saudade.

O dia clareia outra vez, você não está mais ao meu lado,
toda a alegria que demonstro por fora,
só me convence que estou enganado,
pois estou sem você agora.

Eu disfarço para que outros não possam enxergar,
a noite em meu quarto sozinho ouço repetidamente a canção,
então lágrimas escorrem do meu olhar,
para que assim possa aliviar meu coração.

A saudade chega rasgando o meu peito,
enquanto me convenço de que você não vai voltar,
mesmo que pareça sem jeito,
não devo deixar a saudade me maltratar.

Pois verdadeiramente eu amei você,
só mesmo o meu coração sabe o quanto,
também não consigo me arrepender,
mesmo que fique por muito tempo em pranto.

Quando você saiu da minha vida,
deixou tristeza em seu lugar,
deixou uma enorme ferida,
que com tanta saudade , só tende a aumentar.

Nunca entendi o porque, ou a razão,
eu vi meus sonhos ali no chão jogados,
me vi sozinho, acompanhado da solidão,
vi indo embora sonhos, sonhos de jovens apaixonados.

Assim é a vida, perder ou ganhar,
assim é o amor, tristeza ou felicidade,
assim foi o despertar,
o despertar da minha saudade.
Anderson Vieira Dias
Enviado por Anderson Vieira Dias em 22/01/2007
Código do texto: T355738

Comentários

Sobre o autor
Anderson Vieira Dias
São Paulo - São Paulo - Brasil, 35 anos
72 textos (3844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 06:04)
Anderson Vieira Dias