Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
RENDO-ME

Eu disse que não voltaria,
Mas, estou aqui,
Eu disse que te esqueceria,
Tentei...
Mas, não consegui,
Andei por caminhos incertos,
Naveguei por mares sombrios,
Achava que eu era esperto,
Que venceria o medo e o frio,
Quando cai em mim percebi,
Estava completa (mente) só,
Em meio às tempestades,
Do meu deserto.
E foi nesse exato momento,
No cúmulo da incapacidade,
Entre a cruz e o tormento,
Entre a dor e a saudade,
Que eu me indaguei;
Para que tudo isso?
Para que tanto sofrer?
Se existe alguém que me ama,
E é tudo que eu preciso,
Para que a minha chama,
Volte acender,
Nessa minha (des) semeadura,
Plantei joio e não o trigo,
E agora, 
No auge da minha desventura,
Rendo-me a ti,
Minha senhora,
Em busca de abrigo.
DELEY
Enviado por DELEY em 16/03/2007
Código do texto: T415467


Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
5385 textos (205137 leituras)
4 e-livros (1667 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 18:50)
DELEY