Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DU MONDE

Caminhava por seus dias,
distante da paz
e não sentia os efeitos da luz,
porque as trevas eram densas demais.
Atirava-se aos abismos,
preparando a sua cama com delírios.

E de nada resolveu
aquele sinal da cruz diário
antes de dormir
ou seus agradecimentos a Deus;
Se a conduta era digna do mundo,
e dos céus, jamais!

Era absurdamente sedutor
e creio ter sido esse o problema.
O mal crava os dentes naquele
que desperta amores ensandecidos.

Mas ele não era mau,
apenas do mundo.
Certa promiscuidade,
mas não consciente ...
Apenas, irritantemente  omisso...

E leigo nessas questões,
atirou-se no lamaçal,
sem querer.

Se foi para sempre, tragicamente;
aquele anjo meu,
du monde.

Suzette Rizzo
Enviado por Suzette Rizzo em 19/08/2005
Código do texto: T43791


Comentários

Sobre a autora
Suzette Rizzo
São Paulo - São Paulo - Brasil
86 textos (2177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/06/20 23:31)
Suzette Rizzo