Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE ALEMBRANU!

Se alembro da fuguêra
Da luiz du lampião
Da dança dus vagalume
Das fôia mortas pelo chão

Se alembro du chêru bão
Que vinha lá du fugão
Das lenha istalanu
Fazenu café, bolu e pão

Se alembro das portêra
Passanu as criação
Daquele amigu minino
Que me isperava cum canção

Se alembro da vaca Roliça
E du boi Pampão
Namorava todu dia
Os dois num se largava não

Se alembro das prantação
Daquele meu pézinhu di limão
Que sempre iscurtava
Cum meus soluçu recramá

Se alembro das visita
Que chegava por lá
Da sodade das mininas
Que lá ia passiá

Se alembro dos beju moiadu
Que nelas iêu ia dá
A genti neim se cuidava
Queria logo namorá

Hoje tudo é diferente
Os tempo tão tudo mudadu
Queria isquecê o presenti
E vortá a vivê no passadu

Se alembro das foguêra
Das luiz du lampião
Da dança dus vagalume
Das fôia mortas pelo chão

Que como as fôia morta
O ventu passô e levô
Ansm e as lembrança
Só nu coração ficô


-------------------------------------------------------
Bão pessoá? Ainda num tô bão de tudo.
Mais agorinha vô cumeçá a lê us amigu du Recantu!
Inté, intão e um abraçu du Caipirinha!
Cumpadre Caipirinha
Enviado por Cumpadre Caipirinha em 27/08/2007
Reeditado em 27/08/2007
Código do texto: T625862
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cumpadre Caipirinha
Brasília - Distrito Federal - Brasil
118 textos (10878 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 02:52)
Cumpadre Caipirinha