Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há quanto tempo.

     
                 Há quanto tempo já estás distante
                 De mim que fico de recordações,
                 Te esperar é uma constante...
                 Pra mim que vivo só de ilusões.
               
                 Se soubesses como me maltratas
                 Não me farias tanto esperar,
                 Se tu soubesses como são ingratas
                 Todas as horas, sem contigo estar.
                 
                 Tu voltarias para mim agora,
                 Neste momneto, me sinto sozinho
                 Desiludido com essa demora,
                 Com tua falta, sem o teu carinho
                       
                 Até quando desse jeito vou viver
                 Esperando...tua volta com certeza.
                 Procurando às vezes esquecer
                 Vou vivendo os meus dias de tristeza
BLopes
Enviado por BLopes em 03/09/2007
Reeditado em 03/09/2007
Código do texto: T636153
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BLopes
Itapetim - Pernambuco - Brasil, 73 anos
1067 textos (112555 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 06:25)
BLopes