Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AOS OLHOS QUE FITO

Gélidas matizes me fitam
dos seus olhos castigados
de indiferença,
ao mirá-los mirram-se
meus olhos
e me afogo de sol
que se furta de me brilhar;
Mergulhado no abismo
dos teus olhares desviados
mais alto eu me caio
e padeço de me voar,
porque cada momento
na tua face se descola,
sua presença ao contrário me toca,
me respiro de sufocar
palavras não mais ditas,
escritas em seus olhos
de me apagar
que eu tanto gosto
de não olhar!
Diego Duarte
Enviado por Diego Duarte em 14/12/2018
Código do texto: T6527148
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Diego Duarte
Ananindeua - Pará - Brasil
401 textos (7789 leituras)
3 e-livros (135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 11:53)
Diego Duarte