Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUA AUSÊNCIA DOENDO A CADA DIA!

Sua ausência lateja a cada dia.
Meu Deus, como dói a perda.
Como é pesada a palavra "morte".
Como sinto sua falta...

Nada tem o mesmo encanto.
Quando vou a UFPB.
Parece um lugar estranho.
Sua ausência sinto a todo momento.

Hoje, sigo os seus caminhos.
Sou docente, porém, nunca serei você.
E nem quero ser...
O que quero é lembrar para sempre de você.

A cada obra literária.
A cada escola dessa temática.
Você é recordada.
E choro a dor que trago na alma.

Só Deus sabe a falta que sinto de seu abraço.
A falta que sinto de seu sorriso.
Só Deus sabe o quanto sinto saudades.
Queria te ouvir chamar-me.
GPS, assim, você me chamava.

E hoje, a saudade me atormenta.
Nada dói mais do que ler teu nome naquela lápide.
Nada machuca mais do que lembrar aquele dia.
Tão triste em que eu perdia parte de minha vida.

Agora, é seguir em frente.
Agora, é viver recordando você.
É sentindo a dor do luto por toda vida.
Muitas coisas mudaram.

Mas, só uma coisa jamais mudará.
É meu amor por você.
Obrigada por tudo.
E aonde estiveres.
Seguirei amando você.
Glauciene Carvalho
Enviado por Glauciene Carvalho em 09/11/2019
Código do texto: T6790726
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Glauciene Carvalho
João Pessoa - Paraíba - Brasil
444 textos (7989 leituras)
1 e-livros (11 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/01/20 20:56)
Glauciene Carvalho