Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde está sua saudade

Frio de condição amarga,
Poeira.
Entra pelo olfato,
Perfura o olhar.

Infinita como segmento.
Derradeira,
Como homem em seu tempo,
É a saudade.

Passa pelo dedo,
Volta pela volta da barriga,
Fica grudada no peito,
Até de uma rapariga.

Acalento que desespera,
Pela foto, pelo cheiro,
Na carta, na pasta,
No travesseiro.

Toda luz é ela,
Todo som é ele,
Ele ainda é parte dela,
Ela metade dele,

Fecha os olhos,
Saudade vem.
Quem já amou um dia,
Saudades tem.

09/11/2006
Vavelar
Enviado por Vavelar em 09/10/2007
Código do texto: T686543
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e colque link para página original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vavelar
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
68 textos (5767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 15:17)
Vavelar