Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Idade / servidão




E menino eu sou,
adulto que fui criança
quando minha inocência
era uma palavra santa.

O mundo, algoz de tudo,
ama mais os surdos
os que as palavras nada reclamam
indo às palavras dos cegos
que não vendo as chamas
queimam-se calados
na mansidão de um diabo
língua de fogueira.

Velho posso ser menino
mesmo minha criança fugindo
nas palhas secas doutros celeiros...
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 11/11/2007
Código do texto: T732496
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulino Vergetti Neto
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
2398 textos (137198 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 06:34)
Paulino Vergetti Neto