Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos da Noite

A inspiração bate forte à noite
quando no quarto ao lado
apenas o vazio
ou apenas a memória de um amor
que nunca o chegou a ser
de verdade e na verdade
é sempre tarde demais

Lá fora transpira a humidade e o frio
lá longe onde nem os olhos da noite te avistam
onde tu dormes sem descanso
sem viver o sorriso de cada amanhecer
apenas a noite que te envolve
nos sonhos de mulher frágil
grande enorme em pose humana
sem o querer, apesar de o saber

Apenas um humilde objectivo
na noite escura como breu
e nem preciso de ver
sei o que me abraça
mesmo sem me lembrar do sonho
do beijo demorado
do sexo quente e desmesurado
do doce cansaço em que nos deixamos cair
e lá dentro apenas a memória
apenas memórias
que os olhos da noite
não me deixam esquecer
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 11/11/2007
Reeditado em 09/01/2014
Código do texto: T733284
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Marques
Espanha, 45 anos
548 textos (59033 leituras)
50 áudios (13973 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 03:57)
Manuel Marques