Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade do "meu" interior

Saudade da minha cidadezinha de interior,
Onde as amizades são verdadeiras,
A tranqüilidade é indescritível!
Como era bom pedalar por tardes inteiras!

Saudade de cada rua,
Que conheço como a palma da minha mão!
A verdade nua e crua:
É inevitável lembrar, sem sentir aquela emoção!

O golzinho era feito com os sapatos,
O nosso campo era a avenida,
A gente jogava era descalço,
E não tinha dessa de bola perdida.

Era tudo tão mais simples:
Se quisesse ver as estrelas e a lua,
Era só sentar na cadeira de fio,
Que nos aguardava na porta da rua.

Calibrava os pneus,
Estrada de terra pra ir pescar,
Lanche na capanga,
Aí, era só pedalar!

Aquele amor inocente,
Dando o ar da graça,
Estava sempre presente,
Na nossa tradicional, Praça!

É na Praça, que é bom amanhecer,
Esperando a padaria abrir,
Tomar café vendo o sol nascer,
E naquele silêncio, aos poucos, adormecer.

Ê meus quinze anos,
Que não voltam mais,
Quero esse amor interiorano,
Que irradia tanta paz!

Ê Fazenda Nova,
Você me mata de saudade!
Foi nesse interior,
Que vivi a felicidade!
pretim
Enviado por pretim em 12/11/2007
Reeditado em 13/11/2007
Código do texto: T733706
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pretim
Fazenda Nova - Goiás - Brasil, 30 anos
46 textos (4744 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 20:29)
pretim