Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Gangue Do Amor

Você desarrumou o quarto dos seus tormentos
E reorganizou aquele velho álbum de fotografias
Que registrou os nossos melhores momentos
Mas eu sei que não existem mais garantias
Anjo, se o tempo voltasse
A gangue do amor também voltaria

Você tem o controle do seu presente nas mãos
Mas ainda depende do passado para ter alegrias
Ou motivos para crer que hoje não passa em vão
Quem vai recuperar a magia daqueles dias?
Anjo, não olhe para trás
A gangue do amor não existe mais

Você ainda guarda na mente todos os semblantes
E as atitudes, os sorrisos, as angústias de antes
Quem vai ser o primeiro a sufocar essa saudade
E assumir que não temos mais a mesma idade?
Anjo, suporte toda a dor
Não há volta para a gangue do amor
Paulo Antonio Barreto Junior
Enviado por Paulo Antonio Barreto Junior em 19/11/2007
Código do texto: T742974
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Antonio Barreto Junior
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
417 textos (6232 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 20:59)