Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estudo do silêncio

Silêncio


O poeta embriaga-se
imerso em solidão planejada.
com poses estudadas
o poeta afasta-se da balbúrdia.

Distancia-se meditabundo,
encontra-se ao fim de cada copo
perdido em tédio profundo.

Não carrega ele a cruz de todos nós
nem tampouco as culpas do mundo.
por ser poeta ele se faz
de poeta entediado com todos.

E por ter o dom da palavra
e a vontade de falar de tudo
é que o poeta se embriaga
e embriagado permanece mudo.
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 24/03/2006
Código do texto: T127920


Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
432 textos (61828 leituras)
3 áudios (948 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 02:56)
Mauro Gouvêa