Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tormenta

Cai a gota cristalina
Gota da chuva
Gota de lágrima
Da natureza
Êta amor bandido, assassino
Que aumenta, a cada gota
Alucinada paixão
Avoluma o rio, a terra que desce
O céu que ainda escurece
O homem que corre
O cão que morre
A face que chora
A mão que aperta a corda estendida
E salva uma vida
A terra que encobre, que ceifa, que sela a vida na selva
E de novo, lá em cima o céu se abre
E chora
E em seu choro torrencial esquece
Que aqui embaixo o homem padece, e falece, e fenece
E lá se foi o seu cão, o seu filho, sua casa, seu pão
Deus Pai Todo Poderoso
Faz parar este choro!
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 17/01/2011
Reeditado em 24/01/2011
Código do texto: T2734558
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
1436 textos (75157 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/19 04:02)
Fátima Batista