Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEMENTES DE VERSOS

Nadir A. D'Onofrio

 

Muitas sementes em terra fértil lancei

Vi germinar, crescer, florescer, frutificar

Outras em terra árida perdi

O vento tão longe levou!

Juntando letras para expressar

O recado que teimo em passar

Único recurso do poeta...

Que chora sorrindo e como palhaço

Consegue gargalhar chorando

A dor sempre latente

Mexe com o emocional fragilizado

Tento sufocar, dissimular, escamotear

Para quê?

Será que não percebi!

A semente tão especial

Não encontrou solo acolhedor

O sol sem piedade a queimou

Como resposta ficou a certeza...

Era preciso sentir a solidão!

Dos versos sem repostas

Solidão do corpo físico

E o frio que fustiga

Enregela Minh’ alma...

 

20/12/2004
Santos/ SP



Respeite Direitos Autorais
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 01/07/2005
Reeditado em 14/08/2020
Código do texto: T29809
Classificação de conteúdo: seguro


Áudio
SEMENTES DE VERSOS - Nadir DOnofrio

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
947 textos (104451 leituras)
147 áudios (14286 audições)
12 e-livros (3263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/21 13:02)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor