Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Novo Rio

Novo Rio,
Noites a fio:
De canções e de navalhas,
De emoções e de canalhas.
Vedetes dançantes,
Mulheres e amantes.
De violões e de justiça,
De ladrões e de cobiça.

Novo Rio,
Tempo de estio:
De garoas e trovões,
De a toas e canhões.
Verdade carente,
Incertezas na mente.
De poetas e poemas,
De ascetas e novenas.

Novo Rio,
Dia sombrio:
De neuroses e catarses,
De atrozes e cartazes.
Vista cansada,
Cabeça abalada,
De terror e compaixão,
De fervor e emoção.

Novo Rio,
“Mortos com fio”
Cidade camarada, vistosa,
Hoje um mar de maravilhosa lama!
Nelson Schocair
Enviado por Nelson Schocair em 16/07/2005
Código do texto: T34901


Comentários

Sobre o autor
Nelson Schocair
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
416 textos (361523 leituras)
2 e-livros (327 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/20 01:47)
Nelson Schocair