Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tristeza ecológica

Eu era uma planta
Que via passar os seres andantes
Gostava do sol a me energizar
E com as estações me transformar

Crescia a olhos vistos
Afundava as raízes no solo alimento
Acolhia os seres voadores
A inseminar as minhas flores

Cumpria o papel do meu destino
Expirava à noite
o que aspirava ao dia
Nada de melhor eu conhecia

Até que um dia
algo estranho me golpeou
Era um ser andante
que à minha sombra já descansou

Cortou-me o caule
Os galhos, os ramos...
Arrancou-me os frutos,
As folhas, as raízes

Hoje sou um halo
Em torno de um móvel
No qual outro andante
Conta minha história
Edbar
Enviado por Edbar em 25/01/2007
Código do texto: T357964
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 69 anos
3202 textos (97629 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 09:33)
Edbar