Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A LEI DO ACASO

Aquele que é par,
mora num corpo escorregadio,
nos erros do livre arbítrio,
na caixa das provações...

Atrai por vaidade,
seduz com orgulho,
nem chora a consciência
e todas as culpas,
da fria realidade...


É lua, sombra, sal,
mas veste-se de sol,
enganando assim as almas,
daqueles que enxergam...
só visual!


Aquele que é par, deduzi...
veio por acaso,
morar na minha intuição.
Depois concluí...teria que vir,
teria que ser e seria,
o ruim da minha lição...
O mal que vem p'ra trazer
evolução!


Ergo-me da queda
dolorida, intimidada,
mas, capaz de reconhecer...
Que o acaso é sempre lei,
que o efeito é sempre fato
e nada se colhe,
se Deus não quiser!

       
Suzette Rizzo
Enviado por Suzette Rizzo em 18/08/2005
Código do texto: T43474


Comentários

Sobre a autora
Suzette Rizzo
São Paulo - São Paulo - Brasil
86 textos (2183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/12/20 20:39)
Suzette Rizzo