Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Distante
elisasantos



Esse amor distante jorrava de fonte que
se fez presente num tempo insolvente
aos riscos... se, jorrava espuma ardente,
rubra e incandescente, éramos valentes.

Na caminhada entre vendavais surreais,
envolvíamos-nos pelos ares e em fugazes
voejares, pintávamos telas em lagares,
onde jorrava vinho novo a alegrar.


Esse amor; hoje é dor que consome,
é fogo que avassalador,consumado
junto com a juventude esgotou-se
sem promessas; Baco fez embebedar.



elisasantos
Enviado por elisasantos em 29/04/2007
Código do texto: T468992
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
elisasantos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
430 textos (24959 leituras)
1 áudios (94 audições)
4 e-livros (176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 08:13)
elisasantos