Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despedida


Quando estiver do meu lado
Não se importe com meu semblante distante
Indiferente ao que você quer me dar
Um amor que não posso corresponder
Porque estou preso a um mal
Cujos efeitos podem lhe ferir
Nem tente saber o que se passa
Porque é uma dor que me arrasa
Não tente encontrar caminhos desconhecidos
Pra me salvar do que destino que escolhi
Não porque quis, mas pela eterna solidão
Que insiste em me perseguir
Todavia,lhe confesso sem pudor:
Você representa a infinita beleza
De um sonho perfeito de matizes multicoloridas
Sem essas cores mórbidas
Do sangue que ostento em minhas veias
Guardarei seu  inesquecível rosto
Num coração repleto de mágoas
Pois, o tempo a tirou de mim
Assim tão fácil...
Fez imergir no submundo de abandono
E  um vendaval de pensamentos fugidios
 
Saiba que os restos de meus dias
Será a única moça...
A dar- me fez o bem inefável
De crer na certeza de um amor verdadeiro
Onde duas almas de tão recíprocas
Ecoam uníssonas e fundem-se em uma
No mais puro encanto de viver
Mas o mundo conspira em silêncio
E torna nosso tempo perdido
Não importa o porvir...
Haja o que houver estarei contigo
Farei-me presente em sua vida
Pois, o meu amor  de tão grandioso que é
Renascerá dentro de ti, a cada amanhecer
Então  não quero de ti se despedir
Hei de partir calado e olhos tristes como noturno cais







Alex Melloh
Enviado por Alex Melloh em 19/01/2018
Código do texto: T6230824
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Alex Melloh
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
114 textos (2069 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 03:44)