Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paredes pintadas de saudades

Paredes pintadas de saudade
Arneyde T. Marcheschi

 

No quarto, as paredes, agora pintadas de saudade,
me lembram você.
As mesmas paredes que nos protegiam
quando nos desnudávamos
e nos dominávamos pelo desejo,
quando saciávamos a nossa fome
de amor com êxtase e paixão...
Hoje tudo é silêncio... Vazio!
Até as paredes parecem ter emudecido com a sua ausência...
Paredes testemunhas de um amor
lindo, intenso e ardente.
Hoje, restam as lembranças,
as saudades cruciantes,
a angústia de não mais sentir
o seu cheiro, os seus beijos
provocantes e maliciosos...
beijos que me desfaleciam
de tanto amor!
Meu legado de dor são as paredes
que ainda me falam de você.
Na madrugada fria e silenciosa,
ainda consigo ver a silhueta
do seu corpo bem delineado e másculo,
emanando vida, virilidade...
Exalando tesão!
Nessa quietude dolorida,
quedo-me no leito frio e vazio,
e ainda sinto o calor de seu
corpo a cobrir o meu
num frêmito de tesão e paixão...
Ouço seus gemidos roucos
e nesse orgasmo silencioso
entendo que você continua em mim e
assim estará para todo o sempre
enquanto vida eu tiver!

Vitória-ESanto 10/02/2004
www.vidatransparente.com.br



 

 


Arneyde Tessarolo Marcheschi
Enviado por Arneyde Tessarolo Marcheschi em 04/09/2007
Código do texto: T637863

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arneyde Tessarolo Marcheschi
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 68 anos
153 textos (4857 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 23:11)
Arneyde Tessarolo Marcheschi