Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rua morta

Bate porta
Trinca ferro
Nada corta,
Só eu berro

Rua morta
Negro melro
Nada importa
Só eu erro

Quando eu ando
E não paro
Penso em tudo quando...
Tudo é raro.

Vejo a lua
E me calo
Beijo a rua,
_ Nada falo.
Edson Penha
Enviado por Edson Penha em 07/09/2007
Código do texto: T642780
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edson Penha
Itaperuna - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
80 textos (1429 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:21)
Edson Penha