Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O som e a morte

O som está destinado a morte,
quando a dor do siencio viola.
Ele treme e se prolonga, com sorte,
pedindo a vida o rastro de uma esmola.

Ele é eterno enquanto resiste.
Sacude-se e quem o escuta é feliz.
Quando se aqueta nao é tao triste,
a vida se vai das maos por um triz.

Hemos todos seguramente de voltar
para o vazio do qual viemos,
como o som há de se calar,
voltando ao silencio que nao queremos.

Vida, faça o favor de cantar,
com notas e silencios constantes,
quando a minha indesejada hora chegar,
lembre-se que sempre fomos bons amantes.

Luiz
luiz gomez
Enviado por luiz gomez em 11/09/2007
Código do texto: T647875

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luiz gomez
Chile, 28 anos
46 textos (1165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 10:23)