Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Se pudesse hoje queria
qualquer nome, não Maria!
Um nome que não doesse
ser mulher que não se desse
nem por tanto amor sofresse!

Mas sendo Maria aceito
o soluço onde me deito

o mar se abrindo em meu peito

Os olhos doridos não fecho
nem o meu nome renego!





2/10/2002
Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 29/10/2005
Reeditado em 17/12/2006
Código do texto: T65139
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 68 anos
1278 textos (137300 leituras)
60 áudios (14452 audições)
9 e-livros (6419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/11/20 06:14)
Maria Petronilho

Site do Escritor