Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solitária do Amor

Estou numa prisão cantando,
recitando versos,
decorando poemas,
sonhando a tua sombra,
uma imagem de um corpo que não vejo.
Estou agarrando a minha morte sem medo...
Um pensamento perverso talvez,
vultos.
Estou sentindo sede e frio,
Ficando louca nesta solitária
que é o amor.
Sulla Mino
Enviado por Sulla Mino em 15/09/2007
Código do texto: T654208
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sulla Mino
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
233 textos (25686 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 15:02)
Sulla Mino