Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canto de Inverno

(4)                   03/09/2007

Meus infinitos adjetivos, desgastados,
Já não conseguem traduzir aquilo que sinto
E toda a força do meu amor, sobre-humana,
Não foi capaz de te prender a mim

Não sei se foi a forma explícita
De me declarar, dizer “eu te amo”
Que te deixou meio sem jeito
E te espantou, de mansinho...

Eu tinha tantos sonhos para viver contigo
Meu plano era unir nossas vidas numa só
E o meu amor era verdadeiro, tão sublime,
Mas não foi o suficiente para um final feliz.

No jardim da vida o mais belo botão já desabrochou
E cada perfeito processo se concluiu
Só a nossa estória é que paralisou
É que não se desenvolveu ou trouxe bons frutos...
Gilliard Santos
Enviado por Gilliard Santos em 25/09/2007
Reeditado em 28/03/2008
Código do texto: T667870
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilliard Santos
Fortaleza - Ceará - Brasil
119 textos (72040 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 02:41)
Gilliard Santos