Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espinhos

O sol nasce com seus raios atrozes de sangue
Um pássaro
Que pousa
Nos galhos da dor de minh’alma
Vivo no onírico
Pernoito na ilusão
Vejo o anjo caído
Que chora
No meio da escuridão
Em meu peito
A solidão
A luz que se esvai
E não penetra
Em meu coração
Maldito punhal
Que insiste
Em ferir...
Em meio ao obscuro
Procuro a saída
Inútil!
As portas já se fecharam
Perdi-me
Não encontro
Nem mais a esperança
Dentro de mim,
O caos...
Os espinhos que me ferem
Estão na Rosa Branca do adeus.

Loh Destino 22/09/07
Loren Rodrigues
Enviado por Loren Rodrigues em 25/09/2007
Código do texto: T668328

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Loren Rodrigues
Montes Claros - Minas Gerais - Brasil, 25 anos
124 textos (3967 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 06:55)
Loren Rodrigues