Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas.

As lágrimas rolam sobre meu rosto, tristeza no olhar
a vida perdeu o brilho, somente pranto,
não tem mais condições de poder admirar,
seu sorriso, seu olhar , seu encanto.

A noite , sinto muito frio,
seu calor já não pode mais me  aquecer,
meu coração tornou-se sombrio,
depois que perdi você.

E mais uma vez a vida traz injustiça para mim,
e mais uma vez sozinho vou adormecer,
é como uma rosa do meu jardim,
mas você não floresceu e nem pude ver você crescer.

Juntos gostavamos de as estrelas admirar,
comparava seu brilho com a luz da lua,
mas em mim só pôde restar,
sofrimento, tristeza, saudades sua.

Eu só queria estar perto de você agora,
e poder outra vez sentir,
mas a verdade é que você foi embora,
e a solidão gosta de me ferir.

Realmente eu ainda me lembro,
do seu sorriso, sua pureza,
mas não vamos comemorar seu aniversário em novembro,
tudo para mim perdeu a beleza.

A vida só é vida , porque tinha você comigo,
e você era a minha razão de viver,
hoje nem tenho amigos,
pois nunca quis crescer.

E ainda corro de encontro ao vento,
deixo ainda as lágrimas do meu olhar,
pois você sempre esteve em meu pensamento,
nunca deixei de te amar.

Anderson Vieira Dias
Enviado por Anderson Vieira Dias em 27/09/2007
Código do texto: T670690
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anderson Vieira Dias
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
72 textos (3824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 21:05)
Anderson Vieira Dias