Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As tristezas de um louco

Fúnebre melodia ardia no peito
Luz de um luar tristonho, com maldade
Nos olhos senis lúcidos, idade
Chega em assomo pobre que eu aceito.

E choro pela dor da realidade
Pois nela eu encontrei o teu defeito
Causa e efeito acontecem sem conceito
Claro para um delírio de saudade

E como reviver velhos tormentos
Ao som d’harpa em arpejos inconstantes
O teu tédio e o meu fazem casamentos

Talvez eu seja mais louco do que antes
Devo plantar a flor dos sentimentos
Antes que a terra os torne degradantes.
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 28/09/2007
Código do texto: T671731

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (273378 leituras)
6 áudios (1656 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 01:38)
Fabio Melo