Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Partida

sinto-te escapar-me às mãos,
neste momento de confusão,
optas por fugir à dor
não escolhes o amor.

meu coração se comprime,chora
ao imaginar-te longe a quaquer hora,
fico inquieto,o desespero toma conta
e a triteza no horizonte aponta.

por que não consideras ficar,
e dar-nos uma chance
de fazer o sentimento frutificar.

e então, quem sabe,o sol brilhe forte
e mesmo que de relance,
vejamos uma mudança na nossa sorte.

À Ana Paula


Luiz Ribeiro
Enviado por Luiz Ribeiro em 05/11/2005
Reeditado em 05/11/2005
Código do texto: T67621


Comentários

Sobre o autor
Luiz Ribeiro
Recife - Pernambuco - Brasil, 58 anos
126 textos (3310 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/21 22:45)
Luiz Ribeiro