Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um pedacinho de nós.

Dentro dos teus olhos pequenos, um pedacinho de nós que nunca morre.

Pequenas minúcias, brincando de dois, cirandando de mãos dadas,

Vivendo devagar, assim aos poucos.

Dentro de mim um pouco de nós morremos, vento que aviva,

Assoviando teus princípios e controvérsias,

Dentro de teus olhos, um pedacinho de nós, desatados e doloridos,

Saudade tão dorida e fluente, fluindo de tão profundo que já cabe,

Só queria ter perdão, não pude estender-te as mãos.

Sei que os pedacinhos em mim, de erros enfim, coração baldio,

De um desejo quase que vadio, ter você de novo em mim,

Te amar por horas sem fim.



Que possa enfim, quando a nova hora chegar, ter em você, novamente meu lar.

Desse desejo quase bobo de teus olhos pequenos, viver um pedacinho.

De perceber o milagre que havia sido.



Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 21/03/2020
Reeditado em 21/03/2020
Código do texto: T6892862
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
467 textos (14796 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/21 20:27)
Leo Magno Mauricio