Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O poeta e o monstro



Ó ave descuidada,
sem o amor das asas
e o sumo da liberdade
e o pó da estrada!

Vácuo imundo o és
e invade-me  a minha poesia
e rouba-me os poemas,
então  morre, sai de cena,
ajunta-te à maldade de tua língua,
corta-te  as asas,
desalma-te e foge
porque és o pior dos alforjes,
aquele  que lesa o dono
ao transportar a dor de um homem.
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 14/10/2007
Reeditado em 25/01/2015
Código do texto: T693555
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulino Vergetti Neto
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
2398 textos (137205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 14:01)
Paulino Vergetti Neto