Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACESSO NEGADO

Mal acostumada,
sempre acompanhada,
multidão, falatório,
barulho, fuzuê,
buzinaço e panelada.
Não, não fará mal
um pequeno velório.
Enterrar coisas,
limpar o hd,
embalar, deixar lacrada
a memória, o cadê.
Meu sistema deu pau:
acusa falta de memória
pra operar outro programa.
Apagar o visual:
você do meu lado na cama.
Tento aquele botão
delete, erase, borrar,
mas cérebro manda nada
quem decide é o coração.
Você na minha cama
dá mensagem de bloqueio,
operação ilegal,
acesso negado, disco cheio:
não se apaga este programa.

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 16/10/2007
Código do texto: T696647

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 55 anos
722 textos (158546 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 15:28)
Débora Denadai

Site do Escritor