Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Último endereço

Como se fosse um sonho, alguém entrou no meu quarto, enquanto eu dormia: - ... sssssssh. Eu sou sua avó, tenho uma surpresa ruim ...

Não acreditei, tentei chamar minha mãe, mas ela me impediu.

Voamos como beija-flores envoltos em uma névoa. Vaga-lumes azuis nos mostraram o caminho do vento para outra dimensão ...

- Olá garoto, eu sou a casa dos seus avós. Venha me conhecer, não fique aí ...

A casinha sorriu feliz por me ter ao seu lado, me abraçou, me beijou na testa e me mostrou o jardim onde encontrei uma garota com roupas floridas que parecia minha mãe.

Ela estava brincando com patos, burrinhos e galinhas ... anjos e santos estavam acima de dezenas de casas brancas iluminadas por velas alinhadas em estreitas ruas gramadas. A lua prateada brilhava no céu.

Os animais voavam como borboletas e repetiam uma frase que eu não entendia muito bem.

A casinha tocou minha mão e me explicou: - Quem vem morar aqui vira criança.

Fiquei encantado e disse que queria ficar lá para sempre. Ela disse que eu precisava voltar para casa para completar minha vida, e que a casa da minha avó seria da minha mãe e depois minha, quando eu pudesse voltar para aquele lugar incrível.

Acordei suando e corri para encontrar minha mãe. Meu coração saltou do meu peito. Seu quarto estava cheio de vizinhos e familiares vestindo-a com um traje floral para sua última viagem.
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 23/02/2021
Código do texto: T7191187
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Valdeck Almeida de Jesus
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
1374 textos (649781 leituras)
26 áudios (5419 audições)
134 e-livros (78814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/07/21 11:06)
Valdeck Almeida de Jesus

Site do Escritor