Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fragilidade

Semente ao vento oblíquo da desonra
Desmanchada na eterna nuvem murcha
Anunciando chuva
Anunciando morte...

Sinto espelhos negros espedaçados
No ar fraco e sentimental de meus sonhos
E os ares mortos
Miasmas...

E vejo minha vida desfeita em cacos
De um copo partido
No meio do telhado.
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 06/11/2007
Código do texto: T726111

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (273365 leituras)
6 áudios (1656 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:19)
Fabio Melo