Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUE SOBROU DO AMOR



Para que tantas palavras
Nada apaga as cicatrizes
Que em mim ficaram marcadas.

Não adianta dizer
Que sempre vai me amar
Se comigo não quisestes ficar

As lágrimas doloridas
Que por ti derramei
São as provas do quanto te amei.

Escutei-te em silêncio
Mas meu coração de dor gemia
Porque não entendias como ele te queria.

Saber que a muito trazias
Não somente eu em teu coração
Foi mais uma grande desilusão.

Não quero mais acreditar
Muito menos compreender
O que não posso aceitar.

Para nós a amizade restou
As palavras perderam o sentido
Porque da confiança nada sobrou.

De ti não tenho raiva
E acredites, nem rancor,
Sinto apenas esta imensa dor.

Mas tudo isto vai passar
E muito feliz vou ser
Alguém vai aparecer
Para no amor me fazer acreditar.

Rosita Barroso
20/11/2007
Rosinha Barroso
Enviado por Rosinha Barroso em 20/11/2007
Código do texto: T745473

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rosita Barroso - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/rositabarroso). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosinha Barroso
Salvador - Bahia - Brasil, 64 anos
395 textos (33280 leituras)
1 e-livros (69 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 05:09)
Rosinha Barroso