Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O veneno

Dois mil e poucos anos de tortura
Escorrendo, morrendo, desejando
Essa  infinita dor vai até quando?
Irá me acompanhar na sepultura?

Revelações dos mortos sem bom sonho
Com a boca comida p’la velhice
Um cantar, ladainha e tua crendice
Desaparecerá, assim suponho.

Desenho diagonal de uma serpente
Morta, com belos dentes em pedaços
Lembrando meus momentos mais devassos
Quando eu queria beber de um vinho crente.
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 24/11/2007
Código do texto: T751300

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (273221 leituras)
6 áudios (1655 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:36)
Fabio Melo