Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hora de partir

É chegada a hora de partir
momento seguido distintamente
nos cinco cantos do mundo
ou até pela imensidão do espaço.

Momento exato, momento frio.
Lamentos , lágrimas , dor.
Parece ser tão escuro,
mas para mim é tão claro.

É hora de parada.
É hora de estática.
Momento de movimento.
Momento de ressurgimento.

É chegada a hora da luz.
É chegada a hora do balanço parcial.
Evolução ou retrocesso...
depende de como conduziu-se até este momento.

Saudade é inevitável
muitos dos meus já se foram
alguns estão para ir
e todos irão partir.

A dor de ser o último
chama-se saudade.
A bala que o Vovô comprava
e o empadão que a Vovó fazia.

Menos carinhos recebidos
o cobertor no cantinho do sofá.
A tv sempre ligada
brincando de esconder da vovó ... acabou.

Mas há um reencontro...
nossa essência não se perde
na terra , junto com invertebrados.
Eles apenas reciclam a matéria orgânica.

Somos muito mais que
encadeametos de carbono.
Somos Energia
que não gera entropia.

Porém é chegada a hora
hora da partida.
Mais lágrimas despencarão.
Outros carinhos perder-se-ão.
Rafael Rezende Da Costa
Enviado por Rafael Rezende Da Costa em 18/01/2007
Reeditado em 11/08/2009
Código do texto: T351042

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Rafael Rezende Da Costa
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil, 35 anos
150 textos (5910 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 22:00)
Rafael Rezende Da Costa