Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

4 de dezembro-Eparréio Oya!!!

4 de dezembro


No dia 4 de dezembro vou ao pé dos canaviais
Cantar uma musica linda
Ouvir o sibilar do vento
Dizer para minha mezinha os meu lamentos
A ela abrir meu coração ....


A minha mãe vou pedir justiça
Ela bem sabe porque ...
Minha mamãe é guerreira
Ela dança para Obaluae

Nessa dança doma as almas
Faz relampear no céu o trovão
Anda em boa companhia
Com o guerreiro JORGE seu capitão ....

A mãe de todas as almas perdidas
E daquelas que querem se encontrar
Vou pedir que leve a Nanã
Meu pedido a beira do mar ....


Ela sacode o chicote
Faz girar os redemoinhos
Deusa Santa e guerreira
Cuida dos meus caminhos ....

Na umbanda és Iansa
No candomblé a  fulgurante Oya
Para os irmãos da católica
A doce Barbara sempre serás ....


Mãe dos irmãos perdidos
Traga-nos a todos para a luz
Com a força das pedreiras
Andaremos sempre na tua resplandecência ....


Salva-nos mãe, do caminho da perdição
Dá-nos o alento do teu amor ...
Sopra para nós a brisa suave
Guia-nos além dos portais da eternidade
Para a tua Aruanda

Lá enxergaremos teu trono de justiça
Com o amado Xangó
Além do véu na beira da praia
Um cavalheiro te serve de guia
Salve São  Jorge tb nesse dia ...


Que o meu pedido amada mezinha posso chegar onde tu estás....
No sétimo degrau de luz ....






Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 03/12/2005
Código do texto: T80355


Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (38389 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/20 00:58)
Wanda Ayala