Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROVÉRBIOS DE SALOMÃO. CAP. 10.

Um filho sábio alegra a seu pai;
Mas um filho insensato da sua mãe é a tristeza.
De nada aproveita os tesouros da impiedade;
Mas a justiça, da morte livra.

O Senhor não deixa o justo passar fome;
Mas o desejo dos ímpios ele rechaça.
A mão do diligente enriquece,
E empobrece o que com mão remissa trabalha.

É filho prudente o que no verão ajunta;
Mas o que dorme na sega é filho que envergonha.
Bênçãos caem sobre a cabeça do justo;
Porém a boca dos ímpios esconde a violência.

A memória do justo é abençoada;
Mas o nome dos ímpios apodrecerá.
O sábio de coração os mandamentos aceita;
Mas o insensato palrador cairá.

Quem anda em integridade anda seguro;
Mas o que perverte o seu caminho conhecido será.
O que acena com os olhos dá dores;
E o insensato palrador cairá.

A boca do justo é manancial de vida,
Porém a boca dos ímpios a violência esconde.
O ódio contendas excita;
Mas todas as transgressões o amor encobre.

A sabedoria do entendido se acha nos seus lábios;
Mas a vara é para as costas do que é falto de entendimento.
Entesouram o conhecimento os sábios;
Porém a boca do insensato é uma destruição iminente.

A ruína dos pobres é a sua pobreza;
São a sua forte cidade os bens do rico;
O trabalho do justo conduz à vida;
Para o pecado a renda do ímpio.

Está na vereda da vida, o que a instrução atende;
Mas o que rejeita a repreensão anda errado.
O que encobre o ódio, lábios falsos tem;
E o que espalha a calúnia é um insensato.

Na multidão de palavras, transgressão não falta;
Mas é prudente o que refreia os seus lábios.
A língua do justo é escolhida prata;
É de pouco valor o coração dos ímpios.

Por falta de entendimento morrem os insensatos;
Os lábios do justo apascentam a muitos;
O que enriquece é a bênção do Senhor;
E ele não a faz seguir de dor alguma.

É um divertimento para o ímpio a iniqüidade praticar;
Mas a conduta sábia é o prazer do homem entendido.
O que o ímpio teme, isso sobre ele virá;
Mas aos justos se lhes concederá o seu designo.

Desaparece o ímpio como passa a tempestade;
Mas o justo tem fundamento eterno.
Como fumaça para os olhos e vinagre para os dentes,
Assim para aqueles que o mandam, é o preguiçoso.

O temor do Senhor aumenta os dias;
Mas os anos dos ímpios abreviados serão.
A esperança dos justos é alegria;
Mas dos ímpios perecerá a expectação.

O caminho do Senhor é fortaleza para os retos;
Mas, para os que praticam a iniquidade, é destruição.
O justo nunca será abalado;
Mas os ímpios a terra não habitarão.

Sabedoria a boca do justo produz;
Porém a língua perversa será desarraigada.
Sabe o que agrada os lábios do justo;
Porém a boca dos ímpios perversidade fala.
oliprest
Enviado por oliprest em 12/10/2007
Reeditado em 29/03/2008
Código do texto: T690990
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
oliprest
Manaus - Amazonas - Brasil, 70 anos
4091 textos (373870 leituras)
333 áudios (6015 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 17:01)
oliprest

Site do Escritor