Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma partícula de areia,um grão de mostarda



Meu Senhor meu Deus
Hoje eu acordei como sempre fiz
Estou feliz por saber que eu acordei em ti
E que novamente estou respirando porque assim
O Senhor quis

Mesmo sabendo eu que sou um fraco ser
Uma partícula de areia, um grão de mostarda
Mas em ti que renovo minha fé,é ti que me faz na
graça crescer
Sei que sem tua misericórdia nada seria,eu seria nada

Nem sei o que eu seria, mas sei hoje quem eu sou e que sou teu
E eu que as vezes me pego pensando que os que
dizem ser grande, estão pesando uma tonelada
Seus egos são inflados pelas suas ignorâncias,
suas idéias sempre serão um brinquedo
Porquê o Senhor é eterno, eles não,e suas ideologias
não os levarão a lugar nalgum,a nada

Senhor...me mantém assim,um ser fraco,mas que se fortalece
em ti
Um ser fraco mas que reconhece ti como meu único Deus da
Salvação
O meu Cristo em Deus que habita o meu coração
Que és a minha esperança,minha vida,o que me justifica...
O Deus que me faz acordar nos dias que eu me acordo
porque assim o quis...

Sou uma partícula de areia, um grão de mostarda



Claudemir Lima
Claudemir Lima Poesias
Enviado por Claudemir Lima Poesias em 16/10/2007
Reeditado em 17/10/2007
Código do texto: T696247
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudemir Lima - Não é permitido modificar esta obra). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Claudemir Lima Poesias
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
618 textos (195389 leituras)
441 áudios (137224 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 20:03)
Claudemir Lima Poesias