Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DISCURSOS DE JÓ EM VERSOS POÉTICOS. CAP. 10.


A minha alma tem tédio da minha vida;
Darei livre curso à minha queixa,
Falarei na amargura da alma minha.
Direi a Deus: Não me condenes;
Faze-me saber por que contendes comigo.
 
Parece-te bem que me oprimas,
Que o teu trabalho das tuas mãos rejeites,
E resplandeças sobre o conselho dos ímpios?
Porventura olhos de carne tu tens?
Vês tu como vê o homem?

São como do homem os teus dias?
Ou são os teus anos como os dele,
Para te informares da iniqüidade minha,
E o meu pecado averiguares?

Bem sabes tu que eu não sou iníquo;
Todavia ninguém há quem da tua mão me livre.
As tuas mãos me fizeram e me formaram todo;
Contudo me consomes.
 
Lembra que como barro me formaste,
E me farás voltar ao pó.
Porventura como leite não me vazaste,
E não me coalhaste como queijo?
 
De ossos e nervos me teceste,
De pele e carne me vestiste,
Vida e misericórdia me concedeste;
E o teu cuidado guardou o meu espírito.
 
Bem sei eu que contigo isto estava,
Porém no teu coração ocultaste estas coisas;
Se eu pecar, tu me observas;
E da minha iniqüidade não me escusarás.
 
Se for ímpio, ai de mim!
E se for justo, não levantarei a minha cabeça;
Farto estou da minha ignomínia;
E de contemplar a minha miséria.

Tu como a um leão feroz me caças;
Tornas a fazer para comigo maravilhas.
Tu contra mim as tuas testemunhas renovas,
E contra mim a tua ira multiplicas;
Revezes e combate estão comigo.
 
Por que, pois, me tiraste da madre?
Ah! se então tivera expirado,
E olho nenhum me visse!
Então eu teria sido como se nunca fora;
E desde o ventre à sepultura levado teria sido.
 
Não são poucos os meus dias, porventura?
Cessa um pouco, e deixa que eu tome alento.
Antes que eu vá para o lugar de que não voltarei,
À terra da escuridão e da sombra da morte;

Terra escuríssima,
Como a própria escuridão,
Terra da sombra da morte, sem ordem alguma,
E onde a luz é como a negridão.
oliprest
Enviado por oliprest em 31/10/2007
Código do texto: T717340
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oli de Siqueira Prestes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
oliprest
Manaus - Amazonas - Brasil, 67 anos
2161 textos (186228 leituras)
247 áudios (2695 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 17:10)
oliprest

Site do Escritor